Erro ao ligar ao Servidor

Aderir à Newslleter







Sucata
▪  A Re-source recebe nas suas instalações metais ferrosos e não ferrosos.
▪ Estes resíduos de metal, ferro, aço, inox, alumínio, cobre, etc. são sujeitos a processos de triagem, processamento, acondicionamento e encaminhamento para as indústrias recicladoras sendo objeto de valorização.
▪ O produtor de resíduos é responsável pelo destino destes e está obrigado, por lei, a recolhê-los, armazená-los, transportá-los e entregá-los em operadores licenciados de forma a não contaminarem o meio ambiente, nem constituírem perigo para a saúde humana.
Aluminios


Inox


Cobre


Cabos


Baterias


▪Todos os detentores de resíduos de metais podem entregá-los diretamente na Re-Source mediante proposta comercial.
▪A Re-source dedica-se ao desmantelamento e à gestão de resíduos de metal ferroso e não ferroso. Estas duas atividades englobam as diferentes operações de gestão de resíduos, onde se inclui a recolha e transporte dos resíduos desde as instalações dos seus clientes, e a triagem e processamento dos materiais nas suas unidades de reciclagem de resíduos.
▪Na Re-source, os metais são separados e sujeitos a diferentes processos de valorização conforme a sua tipologia:
     a) Triagem e compactação de metais ferrosos;
     b) Trituração e separação de metais não ferrosos.

▪ A Re-source disponibiliza a todos os seus clientes o serviço de recolha e transporte de resíduos metálicos através da disponibilização de contentores ou não. No entanto, todos os clientes poderão optar por entregar diretamente os seus resíduos nas várias unidades sem qualquer encargo ou mediante proposta de valorização (em função da qualidade do material)
▪ Ao serem rececionados os resíduos são sujeitos a uma operação de controlo de qualidade e em função das suas características, qualidade, estado de contaminação com outros materiais são objeto de valorização, reciclagem ou tratamento.
▪ Os metais são um dos materiais com maior potencial de reciclagem. As suas características físico-químicas permitem uma reutilização quase ilimitada, podendo com tecnologias mais ou menos complexas, obter material com características semelhantes, ou chegando mesmo a materiais mais nobres.
▪ Existem 2 grupos de metais facilmente distinguíveis entre si: Ferrosos e não ferrosos.
▪ Nos metais ferrosos temos ligas de ferro com as mais variadas composições, sendo o tipo de metal que surge com maior frequência.
▪ Nos metais não ferrosos temos todas as restantes ligas metálicas como o zinco, cobre, alumínio, latão, bronze, etc.
▪ Na Re-source procedemos à triagem e separação de todos estes tipos de metais, que são posteriormente reencaminhados para as respetivas entidades recicladoras.
▪ A separação e triagem na origem são fundamentais para que o material reciclado se torne competitivo.
▪Depois de triados e/ou compactados os metais seguem para outras indústrias de valorização e reciclagem.

Metais Ferrosos
  Depois das operações de recolha de resíduos de ferro (a tradicional sucata), a empresa procede à triagem e devida compactação e valorização dos resíduos metálicos ferrosos que se destinam à indústria de reciclagem.



Metais Não Ferrosos
  Os resíduos de chumbo, alumínio, cobre, estanho ou outros, cada um a seu tipo, são sujeitos aos diferentes e adequados processos de valorização.